Imposto de Renda Day Trade, Tire suas Dúvidas.

Imposto de Renda Day Trade, Tire suas Dúvidas.

Neste post explicaremos o passo a passo para aqueles que ainda tem dúvidas sobre como declarar o imposto de renda day trade, como também em outros tipos de operações em bolsa de valores.

A maioria de nós ainda fica confuso quando o assunto são os impostos que devemos pagar, quando devemos pagar, qual porcentagem, etc.

Todos nós temos obrigação de recolher os impostos sobre operações em bolsa de valores, seja ela day trade ou não, em conformidade com os lucros obtidos e de acordo com a modalidade e tipo de ativo negociado.

Imposto de Renda Day Trade

imposto de renda day trade

O imposto é recolhido através do DARF com o código 6015, que pode ser gerado no site da Receita Federal, e deve ser feito até o último dia útil do mês subsequente ao que foi auferido lucros nas operações.

Por exemplo, as negociações se deram em março de 2018, o período que se deve apurar é até 31/03/2018, com vencimento para o dia 30/04/2018, último dia útil do mês posterior ao negociado.

ALÍQUOTAS

Devemos ficar atentos pois existem diferentes alíquotas para os diferentes tipos de operações. Para quem faz operações mais longas, como o swing trade a alíquota a ser cobrada é de 15% sobre o lucro que ultrapasse o valor de R$ 20 mil no mês corrente. A alíquota para imposto de renda day trade é de 20%

Tanto em operações mais longas, como nas operações day trade também é cobrado o IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte). Nas operações mais longas o a tarifa é de 0,05%, nas operações day trade é de 1%, ambas sobre o lucro líquido.

Passo a Passo para Recolhimento do Imposto

Primeiramente devemos calcular o resultado de suas operações, calculado as RECEITAS – DESPESAS.

RECEITAS = Resultado de suas operações;
DESPESAS= Os custos envolvidos nas operações (corretagem, emolumentos);

O segundo passo é separar o tipo de operações que foram realizadas, pois como ja foi dito, para operações que levam mais de um dia, a alíquota é de 15% e para operações Day Trade é de 20%.

O terceiro passo é calcular o resultado líquido de todas a operações feitas no mês. Lembrando que você só paga o imposto sobre o lucro das operações. Se em meses anteriores você teve prejuízo nas operações, você pode abater do resultado positivo obtido nesse mês e aí finalmente calcular o imposto devido.

Se você opera como Pessoa Física, o código que deve utilizar é o 6015, se opera como Pessoa Jurídica utilize o 3317.

Gostou deste post? Navegue em nosso blog e tenha todas as informações necessárias para se tornar um trader de sucesso, acesse https://www.daytraderpro.com.br/blog.

Conheça nossos cursos e tenha em suas mãos o melhor conteúdo sobre Day Trade do mercado, acesse https://www.daytraderpro.com.br/planos/

Deixe uma resposta

Fechar Menu
>